Médico preso em flagrante por manter acadêmica de medicina em cárcere privado em Juazeiro

Foto: News Cariri

Um médico foi preso por policiais militares em Juazeiro do Norte sob acusação de crimes de ameaça e cárcere privado contra sua namorada e acadêmica de medicina. O fato aconteceu nesta segunda-feira no apartamento dela num condomínio no bairro Planalto quando a polícia prendeu Leonardo Paulo Teixeira Tavares, 39 anos conhecido por “Léo” que trabalha em Brejo Santo. Ele foi autuado em flagrante pela delegada Vanessa Lomonaco na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Juazeiro.

Léo foi indiciado por crimes de cárcere privado e ameaças e outro Inquérito Policial que tramita numa das delegacias de Fortaleza de agressões contra a própria estudante. Ele teria chegado a quebrar dois dentes da jovem e veio com a mesma para Juazeiro a qual era mantida sob sua vigilância no apartamento. As lesões corporais na acadêmica, constatadas no exame de corpo de delito em Juazeiro, não eram desta segunda-feira

A autuação em Juazeiro ocorreu por ameaças e privação da liberdade. Num momento de descuido do médico Leonardo Tavares, a vítima conseguiu ligar para amigas pedindo socorro. As colegas acionaram a Polícia Militar que esteve no apartamento prendendo o profissional de saúde. Ela, também, foi levada à delegacia para prestar depoimento e, logo depois, submetida a exame de corpo de delito na Pefoce de Juazeiro, enquanto o médico terminou preso.

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais notícias

Publicidade