Natural do Crato, Prefeito de Itaitinga morre aos 57 anos vítima de infarto fulminante

Foto: Reprodução

O prefeito de Itaitinga, Paulo Cesar Feitosa (PL), morreu na tarde deste sábado, 6, aos 57 anos vítima de um infarto fulminante. Ele estava em sua residência com amigos quando sofreu o mal súbito e foi socorrido às pressas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, onde já teria dado entrada sem sinais vitais. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Prefeitura.

Horas antes de falecer, Feitosa compartilhou um vídeo nas redes sociais mostrando clima de descontração ao lado dos amigos. Tocando um violão, ele entoou a música “Como é grande o meu amor por você”, de Roberto Carlos. “Estou aqui em casa, sábado, recebendo essa turma maravilhosa e vou ensaiar aqui uma capelinha com meu amigo Chico Antônio, que ele vai gravar um CD de sofrência”, brincou o prefeito.

Natural do Crato, na região do Cariri, Paulo Cesar Feitosa disputou um cargo público pela primeira vez nas eleições municipais de 2000, em Fortaleza, onde concorreu como vereador pelo PDT, ficando na suplência, com 3.615 votos. Em 2012, já no PSB, foi eleito vice-prefeito de Eusébio, na Região Metropolitana da Capital, na chapa encabeçada pelo então prefeito Júnior Lima. Quatro anos depois, filiado ao PEN, foi reeleito para o cargo, mas dessa vez ao lado do prefeito Acilon Gonçalves, atual chefe do executivo do município.

Em 2020, Feitosa se lançou candidato a prefeito em Itaitinga pelo PL, partido presidido por Acilon, e foi eleito com 14.985 votos, ou 66,65% dos votos válidos, a maior votação majoritária já registrada no município. Além de político, ele também era empresário, professor e advogado. Divorciado, o prefeito deixa três filhos.

A governadora Izolda Cela lamentou a morte do gestor em publicação nas redes sociais. Ela lembrou que Feitosa também já havia ocupado cargo público na administração estadual. “Recebi com profundo pesar a notícia da morte do prefeito de Itaitinga, Paulo Cesar Feitosa, aos 57 anos. Ela também contribuiu com o Governo do Estado, na presidência da Companhia de Desenvolvimento do Ceará (Codece), da Secretaria do Desenvolvimento Econômico. Que Deus Conforte o coração de todos os familiares, amigos e admiradores”, se solidarizou a governadora.

A Associação Cearense dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) também lamentou o falecimento do prefeito. “Nos unimos à família e aos amigos neste momento de dor. Que Deus conforte o coração de todos por essa grande e repentina perda”, diz trecho de nota assinada pelo presidente da entidade, Júnior Castro, que também é prefeito de Chorozinho.

No meio político cearense, a morte também foi repercutida pelos candidatos ao Governo do Estado, Capitão Wagner (UB), Elmano Freitas (PT) e Roberto Cláudio (PDT). Este último, em publicação no Instagram, disse que Paulo Cesar era “amigo dos amigos, um pai presente e um cidadão de muito caráter e de grande generosidade pessoal”.

Wagner, em postagem no Twitter, lembrou que havia conversado com o prefeito há poucos dias. “Conversa focada na melhoria da vida das pessoas de bem do Ceará”, escreveu. “Homem público de pulso firme, corajoso. Vai deixar muitas saudades. Que Deus conforte seus familiares e que o céu festeje sua chegada! Meus sentimentos, Itaitinga”, complementou o candidato.

Elmano também manifestou condolências por meio das redes sociais e prestou solidariedade aos amigos e familiares do prefeito. “É com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento. […] Nossa solidariedade aos familiares e amigos neste momento de tristeza e dor”, afirmou.

O ex-governador e candidato ao Senado, Camilo Santana (PT), e o prefeito de Eusébio e presidente do PL, Acilon Gonçalves, também divulgaram notas de pesar em seus perfis do Instagram. Santana ressaltou a passagem de Paulo César pelo Governo do Estado. “Deu relevante contribuição como homem público”, escreveu o petista.

Acilon, por sua vez, lembrou que havia estado com o prefeito há menos de 24 horas antes do falecimento. “Ainda estou processando essa notícia devastadora. Paulo César era meu grande amigo e parceiro de vida pública! Lembrarei eternamente dos bons momentos felizes, porque ele era alegria por onde passava. E assim, ficarão nossas recordações”, expressou o presidente do PL, prestando condolências e desejando forças aos familiares e amigos do prefeito, e ao povo de Itaitinga.

O Povo

Deixe seu comentário

Mais notícias

Publicidade