PRF faz maior apreensão de cocaína em 2022 no Ceará; carga é avaliada em R$ 45 milhões

Foto: Ascom/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 250 quilos de cocaína nesta quinta-feira, 12, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. De acordo com a instituição, foi a maior apreensão desse tipo de droga no Ceará em 2022. Avaliada em R$ 45 milhões, a carga estava escondida em um fundo falso de um caminhão guincho, que foi interceptado pelos agentes na BR-020, durante abordagem de rotina.

O motorista do veículo, de 55 anos, acabou preso em flagrante. O homem, que não teve a identidade divulgada, disse aos policiais que é natural do Paraná e transportava a droga de São Paulo para a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Como pagamento, ele receberia uma quantia de R$ 20 mil, segundo informou o agente S. Rangel, da PRF.

“Ele disse que o caminhão teria sido preparado por outras pessoas, que sabia da existência da droga, mas não exatamente onde ela tinha sido colocada. Questionamos, então, sobre os nomes das pessoas que seriam responsáveis pela carga, mas ele até o momento não declinou”. Após o flagrante, o motorista foi levado para a sede da Polícia Federal (PF) em Fortaleza, onde prestou depoimento, antes de ser encaminhado para uma unidade prisional da região.

Durante a vistoria feita no veículo, os policiais haviam encontrado, inicialmente, uma arma de fogo calibre .380 e seis munições intactas, na cabine do motorista. Desconfiados, os agentes resolveram aprofundar a fiscalização e descobriram um compartimento falso entre os eixos do semirreboque contendo grande quantidade de cloridato de cocaína, a chamada “cocaína pura”. Ao todo, foram contabilizados 229 tabletes da droga.

“A PRF tem uma tabela de monetização das apreensões, que demonstra um cálculo do prejuízo levado ao crime organizado quando há esse tipo de apreensão, e conforme esses levantamentos que fizemos, essa carga deu um prejuízo ao crime organizado de cerca de R$ 45 milhões”, explicou S. Rangel.

A PF abriu um inquérito para investigar o caso e tenta descobrir a identidade dos supostos proprietários da carga. O motorista foi autuado por tráfico interestadual de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Ele permanecerá à disposição da Justiça no Ceará até que haja posterior determinação para que seja recambiado ao seu estado natal.

O Povo

Deixe seu comentário

Mais notícias