Positividade de testes Covid tem ‘pequeno’ aumento no Ceará em maio

Foto: Fabiane de Paula

O Ceará continua vivendo um cenário de estabilidade nos casos de Covid, mas neste mês, até o dia 19, a taxa de positividade teve um pequeno aumento se comparada à proporção do mês anterior. Enquanto em abril, a cada 100 testes no Estado, 5 eram positivos, em maio, até o momento, a cada 100 exames, 8 confirmam a doença.

O crescimento chama atenção pois esse é um indicador precoce e evidencia aspectos da circulação do vírus.

Os dados foram extraídos do Integrasus, plataforma da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), na manhã de sexta-feira (20). Nos registros constam que em maio, até o dia 19, foram realizados 9,4 mil testes de Covid no Estado. E desses, 792 foram positivos.

A taxa de positividade é a 4ª menor de todos os meses da pandemia. Mas, também vem tendo “pequenos” aumentos desde março.  Em março, a taxa era de 5,4%, em abril foi de 5,6% e agora é de 8,4%. Em janeiro, no auge da terceira onda, a positividade chegou a 46,99%.  O índice é uma proporção. Em cada mês, o total de exames realizados foi diferente.

Quantidade de testes é baixa

A quantidade de testes feitos no atual momento é considerada baixa. Esse é outro ponto que merece atenção. Em abril, por exemplo, foram realizados 22.018 testes no Estado. É o menor número em um mês completo desde o início da pandemia.

Os indicadores devem ser considerados dentro de um conjunto, assim como é preciso compreender o cenário local, estadual e nacional, explica o médico infectologista e consultor em infectologia da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE), Keny Colares.

Ele detalha que no monitoramento local os dados tendem a ser mais precisos e há indicadores precoces, aqueles que sofrem alterações logo no início de mudança de cenário epidemiológico.

Diário do Nordeste

Deixe seu comentário

Mais notícias

Publicidade