UTI Covid do Hospital Santo Antônio de Barbalha zera atendimentos e volta a atender pacientes de neuro e cardiologia

Foto: Divulgação

Ao longo desses dois anos, a população mundial viveu uma luta diária que uniu todos em prol de um objetivo comum, que foi salvar vidas. Nesse sentido, em 2020 o Governo do Estado do Ceará solicitou a direção do Hospital Santo Antonio de Barbalha que a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) geral do fosse convertida em UTI respiratória para receber os pacientes acometidos por Covid-19, se tornando assim mais uma unidade referência na região do Cariri.

Segundo o médico Diretor Técnico do complexo hospitalar, George Severo, as batalhas diárias envolveram mais de 100 profissionais comprometidos com a saúde da população, além de aproximadamente 500 pacientes atendidos no decorrer desse período, sendo 70% residentes na cidade de Barbalha e a grande maioria internados em estado gravíssimo.

“Passamos por essa situação, que foi desafiadora para todos os gestores em saúde, bem como a população em geral, que teve sua rotina mudada de forma abrupta, somando muitos prejuízos financeiros, emocionais e pessoais” destaca George.

Hoje os casos graves não são mais rotineiros e isso precisa de comemoração. Severo atribui a nova realidade vivenciada, nos últimos meses, a vacinação em massa, iniciada no ano passado. Sendo assim, reflexo positivo de que a ciência e a pesquisa fazem parte do caminho seguro e certo a ser seguido.

 

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais notícias

Publicidade