Ministro Queiroga anuncia fim da emergência de saúde por covid-19 no Brasil

Foto: TV Brasil/Reprodução

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou, na noite deste domingo (17/4), o fim da emergência de saúde por covid-19 no Brasil. “Graças à melhora do cenário epidemiológico, à ampla cobertura vacinal da população e à capacidade de assistência do SUS, temos, hoje, condições de anunciar o fim da Emergência de Saúde de Importância Nacional. Nos próximos dias, será editado um ato normativo disciplinando essa decisão”, afirmou o chefe da pasta.

Apesar disso, Queiroga alertou que não se trata do fim da pandemia. “Esta medida, no entanto, não significa o fim da covid-19. Continuaremos a conviver com o vírus. O Ministério da Saúde permanece vigilante e preparado para adotar todas as ações necessárias para garantir a saúde dos brasileiros”, completou.

Em seu pronunciamento, o ministro expressou solidariedade aos familiares das vítimas e aos que ainda sofrem em decorrência das sequelas da doença. “Sentimos todas as perdas, mas com a força do nosso Sistema Único de Saúde, o SUS, salvamos muitas vidas”, disse.

Ressaltou ainda o esforço dos médicos da linha de frente de combate à covid, e, apesar de não mencionar tratamentos ineficazes defendidos pelo presidente Jair Bolsonaro, como com o uso de cloroquina, destacou que os profissionais de saúde, “com a autonomia defendida pelo governo federal”, utilizaram “o melhor da ciência” em favor dos pacientes.

Queiroga destacou ainda a importância da campanha nacional de vacinação no enfrentamento da pandemia no Brasil. “Já foram distribuição maos de 476 milhões de doses de vacinas, disse o ministro.”

Correio Brziliense

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais notícias

Publicidade