‘Vivendo os piores dias’, diz prefeito de Campina Grande após vídeo de sogra usando cocaína vazar

Foto: Reprodução

Bruno Cunha Lima (PSB), prefeito de Campina Grande, se manifestou na última quarta-feira (9) sobre um vídeo de sua sogra usando drogas viralizar na internet. Nas imagens, a mulher aparece cheirando cocaína em carreiras que estavam em cima das nádegas de outra mulher. O assunto ficou entre os mais comentados no Twitter com a hashtag #fofocadecampina.

Em postagem nas redes sociais, Bruno afirmou que ele e a mulher, Juliana Cunha Lima, grávida de seis semanas, viveram “alguns dos piores dias” de suas vidas, alegando que a “família foi exposta ao ridículo, ao escárnio público”.

“Decidimos falar abertamente a respeito do que aconteceu porque, apesar da dor, não temos nada a esconder (e nem teríamos como)”, escreveu. No texto, ele ainda argumenta que não pode ser responsabilizado pelas atitudes de familiares. “Muito menos de um sogro ou sogra”.

O prefeito disse que a esposa não convive com a mãe há mais de dez anos e “se entristeceu” com os ataques que ele e a mulher vêm sofrendo desde que o vídeo vazou. “Vi minha esposa com seis semanas de gravidez chorar duplamente — chorar por não ter a convivência com a mãe há mais de dez anos e chorar por ver a mãe em uma situação tão delicada”, escreveu.

“Vi o quanto a nossa geração está perdida, o quanto o amor das pessoas esfriou, afinal, em vez de estender a mão para ajudar, essas mesmas mãos trabalharam para apedrejar quem já havia caído”, disse.

Ele afirmou ainda que “para todas as pessoas que, de alguma forma compartilharam “a notícia” da semana passada, politizando algo pessoal, com a intenção de tentar difamar a mim, ao meu marido e às minhas irmãs, ou apenas riram e acharam graça, desejo uma cura sobrenatural ao coração de cada um”, publicou em outro trecho.

Diário do Nordeste

Deixe seu comentário

Mais notícias