Secretária de Saúde vai à Câmara Municipal e esclarece descarte de medicamentos vencidos

Foto: Josimar Segundo

A saúde pública do Município de Juazeiro do Norte pautou as discussões na sessão desta quinta-feira (3), na Câmara Municipal. A secretária municipal de Saúde, Francimones Albuquerque, e a diretora da assistência farmacêutica, Renata Bezerra, foram sabatinadas por vereadores, que pediram justificativas acerca do descarte de medicamentos vencidos e prestes a vencer.

Convocada pelo vereador Janu (Republicanos), Renata disse que os medicamentos foram adquiridos em 2020 e afirmou que a incineração é justificada por conta da diminuição nas prescrições de médicas de remédios como amoxicilina e metronidazol.

“Os itens com validade expirada são retirados dos locais de armazenamento, colocados em área separada e identificados até a chegada do transporte de coleta”, explicou a farmacêutica, que disse ainda que a pasta tentou negociar permutas com outros Municípios, a fim de evitar o descarte.

Francimones, por sua vez, atendeu a um convite do vereador Rafael Cearense (Podemos). Na Tribuna de Honra, ela reconheceu que a pasta precisa de melhorias e acrescentou que a Secretaria de Saúde tem avaliado indicadores a fim de evitar eventuais desperdícios de medicamentos.

“É uma secretária que demanda muitas atribuições e temos tentado o máximo mudar os indicadores de Juazeiro”, esclareceu a secretária.

Conselheira tutelar usa Tribuna da Casa

A cidadã Ana Roberta, do Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente, usou a Tribuna de Honra para reivindicar melhores condições de trabalho no órgão. A conselheira denunciou que os prédios estão com danificações estruturais – com paredes mofadas e infiltrações, além da falta de manutenção no carro que deveria atender ao órgão.

“Com a falta de estrutura e más condições de trabalho, nos vimos obrigados a estar aqui e pedir ajuda para que o Poder Executivo, possa nos ouvir e nos atender”, desabafou a conselheira. “É a necessidade de unir o Legislativo e o Conselho Tutelar para que possamos ter uma qualidade no atendimento, com mais estrutura para nossas crianças e adolescentes do nosso Município”, acrescentou.

Atividade Legislativa

Na sessão ordinária desta quinta-feira, vereadores apresentaram 33 requerimentos. Deram entrada na Casa dois projetos de resolução e um projeto de lei.

Deixe seu comentário

Mais notícias

Publicidade