Ceará apresenta aumento de 400% nas apreensões de drogas em fevereiro

Foto: Reprodução

O Ceará teve um aumento de 400% na apreensão de drogas do Estado em fevereiro de 2022, em relação ao ano de 2021. Neste ano, o número de drogas apreendidas, que compreendem cocaína, crack e derivados de canabbis, foi de 750 quilos em fevereiro. Ano passado, no mesmo período, o número era de 150,2 quilos de entorpecentes.

Os dados são da Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp/SSPDS). Em janeiro e fevereiro de 2022, as Polícias Civil e Militar do Ceará apreenderam mais de uma tonelada e drogas em ações no Ceará. É um índice de 88,4% superior ao dos dois primeiros meses de 2021, quando foram apreendidos 531 quilos.

Uma das grandes apreensões de fevereiro foi uma coordenadas pela Polícia Militar do Ceará e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que encontraram mais de 100 quilos de droga. A abordagem, que foi registrada na cidade de Viçosa do Ceará, resultou na prisão de quatro pessoas. O material ilícito estava nos pneus de um trator, que estava na traseira de uma caminhonete.

Entre janeiro e dezembro do ano passado, policiais civis apreenderam 673 quilos de maconha, encontraram 678 pés de maconha, 47 mil gramas de crack, 73 quilos de cocaína e 806 comprimidos de ecstasy.

Isso resultou em um total de 82 prisões por meio de cumprimentos de mandados de prisões preventivas e também em flagrantes. Para o delegado Felipe Marinho, do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas no Cariri, as apreensões “ajudam na redução de índices de homicídio, roubos e outros crimes violentos, uma vez que o tráfico de drogas é o nascedouro desses outros delitos”, finaliza.

O Povo

Deixe seu comentário

Mais notícias

Publicidade