Ceará não tem previsão para discutir flexibilização do uso de máscaras

A população do Ceará passou a utilizar máscara de maneira obrigatória no dia 05 de maio de 2020. Após quase dois anos desde a imposição deste equipamento de segurança, e com a desaceleração do número de infectados e mortes devido ao avanço da vacinação. O Comitê Científico do Nordeste e a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) começará a avaliar a liberação.

A recomendação da Coordenação aos estados que compõem o órgão é aguardar até o dia 14 de março para começar a discutir se a liberação deve ocorrer e quando. Ou mesmo isso não pode acontecer agora. Nessa data será possível analisar com mais precisão os efeitos do período de Carnaval.

Já a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) destacou que “não tem discutido sobre flexibilização do uso de máscaras nas reuniões do Comitê Estadual de Enfrentamento à Covid-19” e confirmou não haver previsão para tais discussões.

O Conselho das Secretárias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems-CE), por sua vez, “entende que é necessário avançar ainda mais na queda de casos e na vacinação, para que não tenhamos retrocesso posteriormente”.

Diário do Nordeste

Deixe seu comentário

Mais notícias