Três casos com a subvariante da Ômicron BA.2 foram confirmados no Brasil pelo Ministério da Saúde

Foto: Reprodução

O Ministério da Saúde (MS) confirmou a identificação de três casos da subvariante BA.2 da Ômicron no Brasil nesta sexta-feira (4). Enquanto dois casos foram registrados em São Paulo, uma ocorrência vem do Rio de Janeiro.

Todos os três registros da nova variante da Covid-19 foram notificados ao órgão. No caso do Rio de Janeiro, a confirmação foi dada pela Secretaria de Estado de Saúde no início da noite de hoje.

As autoridades de saúde da capital do Rio não tem acesso a detalhes da contaminação, nem se a pessoa confirmada com a variante esteve recentemente na Ásia ou na Europa, continentes em que já foi registrado o aumento dos casos de Covid-19 relacionados à subvariante BA.2.

ENTENDA A BA.2

Os vírus realizam o movimento de transformação, por vezes, criando novas variantes, podendo se dividir ou se ramificar em sub-linhagens. A variante delta da Covid-19, por exemplo, registra 200 subvariantes diferentes.

Essa mesma transformação aconteceu com a Ômicron, que já possui as linhagens BA.1, BA.2, BA.3 e B.1.1.529, sendo a BA.1 responsável pela maioria dos casos.

Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), quase 99% do DNA viral submetido ao banco de dados global GISAID (em 25 de janeiro de 2022) foi sequenciado como essa subvariante.

Ainda não há informações evidentes sobre onde ela se originou. No entanto, a BA.1 foi detectada pela primeira vez em novembro, em sequências carregadas no banco de dados das Filipinas.

Diário do Nordeste

Deixe seu comentário

Mais notícias

Publicidade