Policial preso no Crato por tentativa de homicídio em saída de festa é denunciado em outro processo

Foto: Reprodução

O soldado da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) preso na cidade do Crato, na última segunda-feira (21), por uma tentativa de homicídio, agora foi denunciado por outro crime também ocorrido na região do Cariri. Nataniel Souza Silva é acusado de portar irregularmente uma arma de fogo, que seria de um amigo.

Conforme denúncia ofertada na quinta-feira (24) pelo Ministério Público do Ceará (MPCE), o policial foi visto em posse de um revólver, calibre 38, sem autorização legal ou regulamentar. O caso aconteceu em outubro de 2018 e voltou à tona devido à repercussão recente da prisão do soldado pela tentativa de homicídio na saída de uma festa.

Consta no documento enviado pela 2ª Promotoria do Crato que o soldado teria praticado também crimes de prevaricação e favorecimento pessoal ao tentar esconder dos PMs do Ceará que a arma era de um amigo. Nataniel teria pego o revólver do amigo, quando foram abordados por agentes. A intenção era usar da condição de PM para livrar o flagrante do parceiro, que estava no mesmo carro.

Deixe seu comentário

Mais notícias

Publicidade