Família usa cadeira para transportar idosa de 91 anos em estrada de terra a caminho do hospital

Foto: Reprodução

Uma idosa de 91 anos teve de ser carregada pelos familiares sentada em uma cadeira de balanço para passar por uma estrada de terra e chegar a um carro no qual seria levada a um hospital, em Crato, na tarde de sexta-feira (4).

A cena, registrada pela família de Maria dos Santos, ocorreu no Sítio Romualdo, na zona rural da cidade, quando a vítima estava a caminho do Hospital Casa de Saúde São Miguel para fazer a cirurgia da retirada de dois dedos dos pés, devido a complicações causadas pelo diabetes.

Após todo o esforço dos familiares, Maria chegou ao hospital, fez as amputações, mas faleceu horas depois, da madrugada deste sábado (5). Essa foi a terceira vez que Maria teve de ser levada desta maneira para chegar à unidade de saúde.

Conforme Nailson Santos, neto da idosa, a estrada que liga a casa da família ao acesso para outros locais do município, com cerca de um quilômetro de extensão, está cheia de buracos, o que impossibilita o tráfego de veículos. Por isso, a família teve que usar uma cadeira para chegar na pista principal com a idosa.

“É muito triste, faz muitos anos que eles sofrem com essa situação. Descaso por parte do poder público, que só promete e não cumpre”, disse Nailson. O corpo de Maria será velado neste sábado. Ela deixa oito filhos, netos e bisnetos.

Estrada terá intervenção da prefeitura

A Secretaria de Infraestrutura do Crato informa que irá encaminhar equipe de técnicos ao local onde tem ocorrido dificuldade no acesso e em seguida serão enviadas máquinas para compactar o solo. ” A prefeitura do Crato vem realizando o serviço de recuperação das estradas vicinais em todo o município, mas durante o período de chuvas, algumas estradas vicinais tendem a sofrer mais erosões”.

Ainda segundo o Secretário de Infraestrutura, Ítalo Samuel, na estrada de acesso ao sítio Romualdo no primeiro momento será promovida uma melhoria no acesso, além de um levantamento para que se possa trazer uma solução de forma definitiva com pavimentação na área.

“A Seinfra lamenta todos os transtornos causados aos moradores do sítio Romualdo, mas vem lutando por alternativas para resolução definitiva do problema”, disse a nota da pasta.

G1-CE

Deixe seu comentário

Mais notícias