Deputado estadual Davi de Raimundão promete agir no sentido de evitar que a Internet fique mais cara no Ceará

Foto: Reprodução

O deputado estadual Davi de Raimundão está se inteirando em relação ao descompasso entre empresas provedoras de Internet na região do Cariri e a Enel Distribuidora de Energia no Ceará que pode até resultar em serviços de Internet mais caros em nosso Estado. É que a concessionária de energia elétrica emitiu comunicado aos provedores, informando sobre valores a mais por equipamentos instalados nos postes da empresa. Atualmente, a Enel cobra algo em torno de R$ 10,00 por cada poste e, a partir de março, será seis vezes maior.

Diante da situação, alguns donos de provedoras de Internet recorreram ao deputado Davi Macedo para levar o caso ao conhecimento da Assembleia Legislativa e, consequentemente, ao governo do Estado. Desta forma, o parlamentar está conversando com empresários do setor no Cariri e a intenção é buscar um entendimento por meio do diálogo entre as partes. Segundo Davi, a informação obtida junto aos provedores é que a Internet pode ficar até 70% mais cara no Ceará com a decisão da Enel o que, para ele, não poderia ocorrer num momento de tanta dificuldade financeira e muita necessidade da tecnologia.

Deixe seu comentário

Mais notícias