Criança é registrada com o nome “Lúcifer” em Nova Olinda

Foto: Ilustrativa

A avó materna de um bebê de 10 meses registrado com o nome de “Lúcifer” acionou o Conselho Tutelar de Nova Olinda e o Ministério Público para mudar o nome da criança. As informações são do Diário do Nordeste. Religiões cristãs, sobretudo, associam o nome ao diabo.

O pai da criança ainda é suspeito de matar a companheira, mãe do bebê, e a própria mãe, avó paterna da criança a golpes de machado. O crime foi praticado em maio de 2021 na zona rural de Nova Olinda. Ele foi encontrado morto meses depois. O assassinato teria sido praticado na frente de Lúcifer e de dois irmãos dele.

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais notícias

Publicidade