Ceará retoma cirurgias eletivas nas unidades de saúde estaduais a partir desta segunda-feira (14)

Com a redução dos casos de Covid-19 nos municípios, as cirurgias eletivas voltam a funcionar nas unidades de saúde estaduais a partir desta segunda-feira (14). De acordo com o secretário de saúde do Ceará, Marcos Gadelha, a decisão foi tomada em virtude da melhora do cenário epidemiológico e do avanço da vacinação.

O retorno irá acontecer de modo gradual, considerando o avanço ou a diminuição de casos confirmados do novo coronavírus. “Nós tivemos uma diminuição importante no atendimento das nossas UPAs, das nossas Unidades Básicas de Saúde, uma diminuição da positividade relativa aos exames de Covid”, compartilha.

Dessa forma, há o registro de uma menor transmissibilidade do vírus e uma demanda menor por leitos de internação, tanto de enfermaria, quanto de UTI. “Isso tudo só foi possível graças ao avanço da nossa vacinação”, reforça.

Suspensões

No dia 5 de janeiro deste ano, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) decidiu suspender todas as cirurgias eletivas nos hospitais da rede estadual. A medida foi tomada diante do aumento progressivo dos casos de infecção por Covid-19 e a simultânea crescente dos registros da gripe Influenza, principalmente uma nova cepa da H3N2, no Ceará.

Segundo a Sesa, a decisão “foi tomada em decorrência do aumento de casos Covid19 e de síndrome gripal”. A Pasta informou ainda que a “iniciativa está prevista dentro do plano de contingência de enfrentamento à pandemia e ocorre para adequação da rede hospitalar para tratamento desses pacientes”. As cirurgias de emergência e urgência foram mantidas.

Diário do Nordeste

Deixe seu comentário

Mais notícias

Publicidade