Bolsonaro desconhece origem de Padre Cícero e pede desculpas ao Ceará; assista

Foto: Reprodução

Durante live semanal nesta quinta-feira (3), o presidente Jair Bolsonaro errou a origem de Padre Cícero e disse que o religioso cearense era de Pernambuco. Ele se corrigiu após perguntar o fato para seus assessores e logo após pediu desculpas do Ceará.

“Falaram que eu revoguei o luto de Padre Cícero. Lá do Pernambuco, é isso mesmo? Que cidade que fica lá? (silêncio) Cheio de pau de arara aqui e não sabem em que cidade fica Padre Cícero, pô? (mais silêncio). Juazeiro do Norte. Parabéns aí. Ceará, desculpa aí, Ceará”, comentou o presidente.

Bolsonaro já visitou a estátua de Padre Cícero, em Juazeiro, em uma de suas visitas ao Ceará em 2021. O Padre Cícero foi citado pois o assunto era cancelamento de revogação de decretos. Um deles era o de luto ofical pela morte do cearense, morto em 1934 e tido como símbolo do Cariri, do Ceará e do Nordeste.

“Então, dada aquela confusão toda, começaram, a esquerda, a oposição: ‘Olha só, ele não tem respeito pelo Padre Cícero’. Que que eu fiz? Liguei no mesmo dia para o chefe da SAJ, Secretaria de Assuntos Jurídicos. Falei: ‘Pedro, vamos republicar o decreto de luto do Padre Cícero’. Não tinha necessidade de existir o decreto mais”, explicou Bolsonaro.

Diário do Nordeste

Assista:

 

Deixe seu comentário

Mais notícias