Barbalha é o município do Ceará que apresenta maior incidência de notificações das arboviroses

Foto: Reprodução

O Ceará registrou um aumento de 153% no número de notificações de casos de arboviroses como dengue, chikungunya e zika vírus na comparação das cinco primeiras semanas deste ano com o mesmo período de 2021. O salto foi de 738 para 1.869 ocorrências das doenças.

O município de Barbalha é o que apresenta maior incidência de notificações no intervalo de tempo (579 casos por 100 mil habitantes). No cenário de crescimento das notificações, outros municípios da região do Cariri são monitorados pela Sesa diante do potencial de alta transmissão: Juazeiro do Norte, Crato e Brejo Santo. A alta dos casos de chikungunya inspiram maior cuidado pela gravidade e pelas sequelas da doença.

Barbalha foi o primeiro município do Ceará a solicitar o método conhecido como Ultra Baixo Volume (UBV), conhecido como fumacê, para combater o Aedes aegypti, causador das doenças. As borrifações ocorrem seguindo as solicitações emergenciais dos municípios, após análise epidemiológica. A Sesa dispõe de equipes para atender a novas demandas de carro fumacê neste ano em todas as regiões de saúde.

Deixe seu comentário

Mais notícias