Após deixar cadeia por importunação sexual, ‘Rainha do Piseiro’ pede desculpas: ‘Misturei todas as bebidas’

Foto: Reprodução

Um dia após deixar a Cadeia Pública do Crato mediante o pagamento de fiança, a “Rainha do Piseiro” se manifestou nas redes sociais na noite desta terça-feira (8) e falou sobre o episódio que ocasionou sua prisão em um estabelecimento no último sábado (5), em Juazeiro do Norte

Uma das vítimas da cantora, a funcionária de uma loja de conveniência onde a artista foi capturada, afirma que a “Rainha” passou três vezes a mão em seus seios, por cima da blusa, antes de ser detida, além de “dar em cima” de outras pessoas que estavam no local e se recusar a sair da área reservada a funcionários.

Em uma série de stories no Instagram, Ketney Karol – nome artístico da cantora, dançarina e digital influencer – pediu desculpas aos profissionais que desrespeitou e às pessoas que assistiram às cenas, que ela afirma não se lembrar e nem se reconhecer.

“Nunca me vi desrespeitar tantas pessoas, como fiz nesse último sábado. Gente, que loucura, eu misturei todas as bebidas possíveis para me passar o máximo possível, porque realmente ali foi o máximo do máximo, porque eu não me reconheço naquelas cenas”, disse.

“Os profissionais que estavam ali exercendo suas profissões da melhor maneira possível e eu só sabia desrespeitá-los. Eu estava totalmente fora de mim, tem muita coisa que eu não lembro, mas também tem muita que eu me recordo, e eu: ‘meu Deus, porque eu não parava de falar isso?’, mas eu não conseguia me controlar, eu estava totalmente fora de mim”, completou a cantora.

A “Rainha do Piseiro” foi autuada pelos crimes de importunação sexual, ato obsceno, desacato, violação de domicílio e perturbação ao sossego alheio. Ainda nas publicações, a cantora agradeceu ao carinho dos fãs e diz que a situação serviu para ela parar de beber.

“Essa situação gente serve para se analisar, para parar de beber, porque se eu consigo chegar nesse caminho através do álcool não é o caminho mais que eu quero chegar. Eu quero passar longe de tudo o que eu fiz. Todas essas loucuras. […] Nunca, jamais faria aquilo se eu estivesse em sã consciência, Quando estou em sã consciência ninguém vê eu desrespeitando ninguém, pelo contrário, eu defendo quem está sendo desrespeitado.[…] A lição foi dada e agora a lição foi ouvida”, concluiu a cantora.

G1-CE

Deixe seu comentário

Mais notícias

Publicidade