Sarto responde a crítica de Bolsonaro sobre PT no Ceará: “Verdadeiro assombro é o negacionismo”

Foto: Reprodução

Oprefeito José Sarto (PDT) respondeu, na noite desta segunda-feira, 10, à críticas do presidente Jair Bolsonaro (PL) ao combate à pandemia no Ceará e outros estados onde governadores são do PT. “O que os governadores petistas fizeram nos seus estados foi algo de assombrar, como na Bahia e em outros estados de esquerda também, como Ceará”, disse Bolsonaro. Sarto reagiu em defesa do aliado.

“De assombrar é estimular o uso de medicamentos sem comprovação científica, ir contra o uso de máscara, provocar aglomerações no auge da pandemia, boicotar e atrasar aquisição de vacinas, aproveitar todas as oportunidades para desencorajar a população a se imunizar contra a Covid”, disse o prefeito, via Twitter.

Sarto acrescentou: “Enquanto isso, os gestores verdadeiramente comprometidos com a superação da pandemia estão trabalhando dia e noite para vacinar a população, assegurar testes, leitos para pacientes e ações de proteção social. Essa é a luta que devemos travar diariamente contra o verdadeiro assombro que é o negacionismo!”

A resposta de Sarto ocorre no momento em que o PT passa a integrar a administração municipal, e as duas legendas tentam ficar cada vez mais próximas. Isso apesar de os petistas seguirem na oposição municipal.

Sarto assumiu o papel de responder a Bolsonaro, embora o presidente tenha citado o governador do Ceará e se dirigido especificamente ao PT.

PDT e PT são aliados no Ceará desde a eleição de 2006. Na Prefeitura, são adversários desde 2012, por força da correlação interna do diretório petista e da posição da bancada na Câmara Municipal.

 

O Povo

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais notícias

Publicidade