Bolsonaro promete reajuste a servidores se PEC for aprovada

Foto: Reprodução

A menos de um ano para as próximas eleições, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, nesta terça-feira, 16, que caso a PEC dos Precatórios (Proposta de Emenda Constitucional 23/2021) seja aprovada no Congresso Nacional, haverá reajuste de salário para os servidores públicos.

“A inflação chegou a dois dígitos, então conversei com (o ministro da Economia) Paulo Guedes. Em passando a PEC dos Precatórios, tem que ter um pequeno espaço para dar algum reajuste. Não é o que eles merecem, mas é o que nós podemos dar”, disse Bolsonaro, enquanto cumpria agenda em Bahrein. Segundo o mandatário, “todos os servidores federais, sem exceção”, serão beneficiados.

A fala do presidente desconsidera que a proposta de Orçamento para 2022, enviada pelo governo dele ao Congresso, não prevê reajustes para os servidores públicos no próximo ano. Além disso, os salários dos servidores foram congelados por dois anos, como medida para equilibrar os gastos durante o combate à pandemia do novo Coronavírus.

Se aprovada, a PEC dos Precatórios prevê abertura no orçamento de R$ 90 bilhões em 2022. Parte desses recursos deve ser destinada ao financiamento do Auxílio Brasil, que prevê o pagamento de até R$ 400 às famílias mais pobres durante o próximo ano.

Deixe seu comentário

Mais notícias

Publicidade